Crença? Em que?

Leon, um menino com sérios problemas físicos, e descrente, reflete após a saída do amigo sobre sua situação, em “MEU MUNDO MEU”:

“Sua visita me fez pensar por muitos dias sobre religiosidade, Deus, fé, e crença. Eu não conseguia acreditar em Deus, especialmente num ser benevolente que me trouxe ao mundo da forma que cheguei, incompleto, inerte, defeituoso; jamais conversara sobre isto com minha mãe ou meu pai, que evitavam falar do assunto, pois sabiam o tamanho de minha revolta, mas sabia que meu pai passou a repudiar Deus após meu nascimento, pois escutara uma discussão entre eles anos atrás. Porém, eu acreditava na Força, uma energia superior que comandava todo o poder do universo. Meu caso? Puro azar e coincidência: algo errado aconteceu durante minha formação que me tornou este pedaço de corpo.”

Anúncios

Um comentário sobre “Crença? Em que?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s